O que é um Óleo Essencial?

O que é um óleo essencial? Você já parou para pensar nisso? Existem várias definições de óleos essenciais, mas nas palavras de Patrícia Daves (2005), são “substâncias altamente aromáticas feitas em plantas por células especiais, mas nesta fase o material ainda não é u

 

m óleo essencial, mas é chamado de essência. Ele se torna um óleo essencial somente após ter sido extraído por destilação.”

Partindo dessa ideia, os óleos essenciais são substâncias altamente voláteis e sintetizadas pelas plantas, são muito concentrados e são extraídos de sementes, flores, cascas, raízes, folhas, caules e de outras partes de uma determinada planta; são muito concentrados, contendo propriedades com ações semelhantes a certos tipos de hormônios e antissépticos; suas propriedades farmacológicas têm ações antibióticas, antivirais, antibactericidas, antimicrobianas e outras; são lipossolúveis, isto é, são solúveis em gorduras e são desprovidos de ácidos graxos, são encontrados em diversas partes da planta como folhas, troncos, frutas, sementes, raízes, rizoma, resina e flores. Com estas características são facilmente absorvidos pela pele e chegam com certa facilidade a corrente sanguínea, com uma resposta sistêmica rápida quando aplicados de maneira tópica.

É importante ressaltar que é preciso entender como é feita a taxonomia e a nomenclatura botânica das plantas aromáticas, pois, dessa forma fica mais fácil entender quais propriedades terapêuticas que cada óleo essencial possui e aplicá-lo da melhor forma possível; o óleo essencial extraído de plantas do mesmo gênero botânico são diferentes um do outro, e portanto, tem propriedades diferentes. Geralmente a nomenclatura botânica e a taxonomia segue o Código Internacional de Nomenclatura Botânica (ICBN), nesse sentido é importante estudar um pouco o assunto.

O uso de óleos essenciais tem comprovação científica?

Sim, os óleos essenciais tem propriedades extraordinárias que podem melhorar a saúde de várias maneiras, no decorrer dos anos tem sido objeto de vários estudos científicos que comprovam a eficácia desses óleos essenciais; existem hoje milhares de artigos científicos que podem ser acessados na internet e que você mesmo poderá comprovar que de fato os óleos essenciais funcionam e podem trazer inúmeros benefícios para a sua saúde e de quem você gosta. Veja abaixo alguns links de estudos científicos sobre óleos essenciais.

O potencial terapêutico do óleo essencial de citronela;

Atividades biológicas do óleo de lavanda;

Óleos essenciais para o tratamento de infecções pelo vírus Herpes Simplex;

Efeitos aromaterapêuticos da mistura de óleos essenciais em humanos;

Constituição químicas e atividades inseticidas do óleo essencial de Ajania fruticulosa;

Então com esses cinco exemplos você pode ver o poder que os óleos essenciais têm, é claro que há outras fontes de pesquisa, fique à vontade e pesquise bastante, artigos científicos não faltam.

 

Quer saber mais sobre o assunto?

Conheça mais sobre óleos essenciais no nosso E-book Especial – Óleos Essenciais – Guia Completo para Iniciantes, disponível na nossa loja online, e na Amazon e na Play Livros também.

Marque seu atendimento pelo nosso WhatsApp e combine os detalhes.

Saiba Mais

 

Menu